Entrada

Anunciai com brados de alegriaAzevedo de Oliveira
Cantarei ao Senhor por tudoF. Silva
Cristo Jesus Tu me chamasteH. Faria
Deus enviou ao mundoM. Luís
É preciso renascerJ. P. Martins
Fiz de ti a luz das naçõesCarlos Silva
No princípio antes de todosM. Luís
Nós somos as pedras vivasF. Santos
Pai Filho Espírito SantoA. Cartageno
Povo de ReisL. Deiss
Povos da terra cantai todosStralsund
Vós que fostes baptizadosF. Santos

Salmo Responsorial

O Senhor abençoaráM. Luís
O Senhor abençoaráM. Faria
O Senhor abençoaráF. Santos
Onde há caridade verdadeiraCarlos Silva

Apresentação dos Dons

Cristo Jesus Tu me chamasteH. Faria
Da minha alma brotou belo poemaRobert Jefferson
Deus enviou ao mundoM. Luís
Fiz de ti a luz das naçõesCarlos Silva
O amor de Deus repousa em mimM. Luís
O Espírito do Senhor está sobre mimM. Luís
Pai Filho Espírito SantoA. Cartageno
Senhor eu creio que sois CristoF. Silva
Tomai Senhor e recebeiJoaquim dos Santos
Vós que fostes baptizadosF. Santos

Comunhão

Abriram-se os céusAzevedo de Oliveira
Deus enviou ao mundoM. Luís
Este é AqueleCarlos Silva
Formamos um só corpoCarlos Silva
No princípio antes de todosM. Luís
Nós somos as pedras vivasF. Santos
O amor de Deus repousa em mimM. Luís
O Espírito do Senhor está sobre mimM. Luís
Pai Filho Espírito SantoA. Cartageno
Senhor eu creio que sois CristoF. Silva
Vós que fostes baptizadosF. Santos

Pós-Comunhão

Anunciai com brados de alegriaAzevedo de Oliveira
Cantarei ao Senhor por tudoF. Silva
Da minha alma brotou belo poemaRobert Jefferson
Fiz de ti a luz das naçõesCarlos Silva
No princípio antes de todosM. Luís
O amor de Deus repousa em mimM. Luís
O Espírito do Senhor está sobre mimM. Luís
Porque és Senhor o caminhoM. T. Kolling
Povo teu somosLoys Bourgeois
Povos da terra cantai todosStralsund
Senhor eu creio que sois CristoF. Silva

Final

Anunciai com brados de alegriaAzevedo de Oliveira
É preciso renascerJ. P. Martins
O amor de Deus repousa em mimM. Luís
O Espírito do Senhor está sobre mimM. Luís
Porque és Senhor o caminhoM. T. Kolling
Povo teu somosLoys Bourgeois
Povos da terra cantai todosStralsund

Leituras

ANTÍFONA DE ENTRADA cf Mt 3, 16-17
Depois do Baptismo do Senhor, abriram-se os Céus. Sobre Ele desceu o Espírito Santo em figura de pomba e fez-se ouvir a voz do Pai: Este é o meu Filho muito amado, no qual pus as minhas complacências.

Diz-se o Glória.

ORAÇÃO COLECTA
Deus eterno e omnipotente,
que proclamastes solenemente a Cristo como vosso amado Filho
quando era baptizado nas águas do rio Jordão
e o Espírito Santo descia sobre Ele,
concedei aos vossos filhos adoptivos,
renascidos pela água e pelo Espírito Santo,
a graça de permanecerem sempre no vosso amor.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

Ou

Deus omnipotente,
cujo Filho Unigénito Se manifestou aos homens
na realidade da nossa natureza, concedei-nos que,
reconhecendo-O exteriormente semelhante a nós,
sejamos por Ele interiormente renovados.
Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

LEITURA I Is 42, 1-4.6-7
«Eis o meu servo, enlevo da minha alma»

A figura misteriosa do Servo do Senhor, que, através dos séculos, alimentou a fé de Israel, alcançará o seu pleno cumprimento em Jesus Cristo. Ele é o Servo, não só porque entra na linha dos grandes servos, como Moisés e os Profetas, mas sobretudo porque Ele foi o único que pôde propor a todos os homens um SIM filial e absoluto ao Pai. E o Baptismo no Jordão significa a Sua unção como Servo, como «Filho muito amado», e Salvador dos homens.

Leitura do Livro de Isaías
Diz o Senhor: «Eis o meu servo, a quem Eu protejo, o meu eleito, enlevo da minha alma. Sobre ele fiz repousar o meu espírito, para que leve a justiça às nações. Não gritará, nem levantará a voz, nem se fará ouvir nas praças; não quebrará a cana fendida, nem apagará a torcida que ainda fumega: proclamará fielmente a justiça. Não desfalecerá nem desistirá, enquanto não estabelecer a justiça na terra, a doutrina que as ilhas longínquas esperam. Fui Eu, o Senhor, que te chamei segundo a justiça; tomei-te pela mão, formei-te e fiz de ti a aliança do povo e a luz das nações, para abrires os olhos aos cegos, tirares do cárcere os prisioneiros e da prisão os que habitam nas trevas».
Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL Salmo 28 (29), 1a.2.3ac-4.3b.9b-10 (R. 11b)
Refrão: O Senhor abençoará o seu povo na paz. Repete-se

Tributai ao Senhor, filhos de Deus,
tributai ao Senhor glória e poder.
Tributai ao Senhor a glória do seu nome,
adorai o Senhor com ornamentos sagrados. Refrão

A voz do Senhor ressoa sobre as nuvens,
o Senhor está sobre a vastidão das águas.
A voz do Senhor é poderosa,
a voz do Senhor é majestosa. Refrão

A majestade de Deus faz ecoar o seu trovão
e no seu templo todos clamam: Glória!
Sobre as águas do dilúvio senta-Se o Senhor,
o Senhor senta-Se como Rei eterno. Refrão

LEITURA II Actos 10, 34-38
«Deus ungiu-O com o Espírito Santo»

S. Pedro proclama, em casa do centurião Cornélio, a Boa Notícia da Salvação e o primeiro grupo de pagãos, aceita pela Fé a mensagem que lhes é dirigida, quebrados os laços do passado pelo arrependimento e recebido o Baptismo, entra na Igreja, que começa assim a expandir-se para além das fronteiras do Judaísmo.
A manifestação do Espírito Santo, que acompanha o Baptismo, é sinal de que junto de Deus não há discriminação de qualquer género, por todos são chamados a incorporar-se em Cristo pelo Baptismo, integrando-se na grande família de Deus.

Leitura dos Actos dos Apóstolos
Naqueles dias, Pedro tomou a palavra e disse: «Na verdade, eu reconheço que Deus não faz acepção de pessoas, mas, em qualquer nação, aquele que O teme e pratica a justiça é-Lhe agradável. Ele enviou a sua palavra aos filhos de Israel, anunciando a paz por Jesus Cristo, que é o Senhor de todos. Vós sabeis o que aconteceu em toda a Judeia, a começar pela Galileia, depois do baptismo que João pregou: Deus ungiu com a força do Espírito Santo a Jesus de Nazaré, que passou fazendo o bem e curando todos os que eram oprimidos pelo demónio, porque Deus estava com Ele».
Palavra do Senhor.

ALELUIA cf. Mc 9, 6
Refrão: Aleluia. Repete-se
Abriram-se os céus e ouviu-se a voz do Pai:
«Este é o meu Filho muito amado: escutai-O». Refrão

EVANGELHO Mt 3, 13-17
«Depois de ter sido baptizado,
Jesus viu o Espírito de Deus descer sobre Si»

Confundindo-se com os pecadores do Seu tempo, Jesus submete-se ao baptismo de penitência de João, num gesto de humildade, que enche de admiração o Precursor. O Pai, porém, glorifica o Seu Servo, proclamando que ele é o Seu Filho.
A Boa Notícia da salvação, começa pois, com este anúncio solene: Jesus Cristo, é, verdadeiramente, o Filho de Deus.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
Naquele tempo, Jesus chegou da Galileia e veio ter com João Baptista ao Jordão, para ser baptizado por ele. Mas João opunha-se, dizendo: «Eu é que preciso de ser baptizado por Ti e Tu vens ter comigo?». Jesus respondeu-lhe: «Deixa por agora; convém que assim cumpramos toda a justiça». João deixou então que Ele Se aproximasse. Logo que Jesus foi baptizado, saiu da água. Então, abriram-se os céus e Jesus viu o Espírito de Deus descer como uma pomba e pousar sobre Ele. E uma voz vinda do céu dizia: «Este é o meu Filho muito amado, no qual pus toda a minha complacência».
Palavra da salvação.

ORAÇÃO DOS FIÉIS

Irmãs e irmãos em Cristo:
Recordando o Baptismo de Jesus,
o Filho muito amado de Deus Pai,
oremos pelos homens e as mulheres de toda a terra,
dizendo (ou: cantando), confiadamente:

R. Ouvi-nos, Senhor.
Ou: Iluminai, Senhor, a terra inteira.
Ou: Confirmai-nos, Senhor, no vosso Espírito.

1. Pela santa Igreja do Oriente e do Ocidente,
pelos ministros do Evangelho e do Baptismo
pelas crianças, por seus pais e seus padrinhos,
oremos.

2. Pelos catecúmenos jovens e adultos,
pelos eleitos, que são o enlevo do Senhor
e pelos grupos cristãos que os acompanham,
oremos.

3. Pelos que são baptizados neste dia
ou confirmados pelo Espírito, o Dom de Deus,
e pelos que procuram ser fiéis ao seu Baptismo,
oremos.

4. Pelas famílias cristãs, pequenas Igrejas em cada lar,
pelos que buscam a Deus com rectidão
e por aqueles que se sentem oprimidos pelo Demónio,
oremos.

5. Por todos nós que recebemos o Baptismo,
pelos que estão em graça e paz com Deus
e por aqueles que entre nós vivem nas trevas,
oremos.

Senhor, nosso Deus,
reavivai em nós, pelo Espírito Santo,
o dom e a alegria do Baptismo,
para que Vos chamemos nosso Pai
e nos sintamos, de verdade, vossos filhos.
Por Cristo Senhor nosso.
ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS
Aceitai, Senhor, os dons que a Igreja Vos oferece,
ao celebrar a manifestação de Cristo vosso Filho,
para que a oblação dos vossos fiéis
se transforme naquele sacrifício perfeito
que lavou o mundo de todo o pecado.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

PREFÁCIO O Baptismo do Senhor
V. O Senhor esteja convosco.
R. Ele está no meio de nós.
V. Corações ao alto.
R. O nosso coração está em Deus.
V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.
R. É nosso dever, é nossa salvação.

Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente,
é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação
dar-Vos graças, sempre e em toda a parte:
Nas águas do rio Jordão, realizastes prodígios admiráveis,
para manifestar o mistério do novo Baptismo:
do Céu fizestes ouvir uma voz,
para que o mundo acreditasse
que o vosso Verbo estava no meio dos homens;
pelo Espírito Santo, que desceu em figura de pomba,
consagrastes Cristo vosso Servo com o óleo da alegria,
para que os homens O reconhecessem como o Messias
enviado a anunciar a boa nova aos pobres.
Por isso, com os Anjos e os Santos do Céu,
proclamamos na terra a vossa glória, cantando numa só voz:
Santo, Santo, Santo.

ANTÍFONA DA COMUNHÃO Jo 1, 32.34
Eis Aquele de quem João dizia:
Eu vi e dou testemunho de que Ele é o Filho de Deus.

ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
Senhor, que nos alimentais com este dom sagrado,
ouvi benignamente as nossas súplicas
e concedei-nos a graça de ouvirmos com fé
a palavra do vosso Filho Unigénito
para nos chamarmos e sermos realmente vossos filhos.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.