Entrada

Aclamai Jesus CristoF. Silva
Anunciaremos Teu Reino SenhorChristobal Halffter
Confiarei no meu DeusA. Espinosa
Deus vive na Sua morada santaF. Santos
É preciso renascerJ. P. Martins
És Senhor minha forçaA. Espinosa
Eu sou a Salvação do meu povoCarlos Silva
Minha luz e salvaçãoD. Julien
Pelos caminhos da esperançaJ. P. Martins
Peregrino aonde vaisC. Gabarain
Rochedo meu abrigoAzevedo de Oliveira
Se me envolve a noite escura / Nada temoM. Luís
Vamos confiantesCarlos Silva

Salmo Responsorial

Cantai ao Senhor porque é eterno o Seu amorM. Luís
Cantai ao Senhor porque Ele é bomB. Sousa

Apresentação dos Dons

Bonum est confidere / É bom confiarJ. Berthier
Como é admirável Senhor a Vossa bondadeF. Santos
Então Deus vive já no meio de nósK. Grahl
Minha luz e salvaçãoD. Julien
Quando te encontro / O Bom PastorMelodia alentejana
Rochedo meu abrigoAzevedo de Oliveira
Se me envolve a noite escura / Nada temoM. Luís
Tu que nas margens do lagoC. Gabarain
Vamos confiantesCarlos Silva

Comunhão

A semente é a palavra de DeusCarlos Silva
Aclamai Jesus CristoF. Silva
Como é admirável Senhor a Vossa bondadeF. Santos
Então Deus vive já no meio de nósK. Grahl
Eu sou o bom pastorCarlos Silva
Jesus és o alimento / Tu és o pãoCarlos Silva
O Cordeiro de DeusCarlos Silva
O Senhor é meu pastor / Confiarei nessa vozN. Lemos
Quando te encontro / O Bom PastorMelodia alentejana

Pós-Comunhão

A semente é a palavra de DeusCarlos Silva
Aclamai Jesus CristoF. Silva
Bonum est confidere / É bom confiarJ. Berthier
Cantai comigoH. Faria
Como é admirável Senhor a Vossa bondadeF. Santos
Confia minha almaJ. Gelineau
Confiarei no meu DeusA. Espinosa
És Senhor minha forçaA. Espinosa
Eu sou o bom pastorCarlos Silva
Louvar-Vos-ei Senhor porque me salvastesM. Luís
Minha luz e salvaçãoD. Julien
O Senhor é meu pastor / Confiarei nessa vozN. Lemos
Quando te encontro / O Bom PastorMelodia alentejana
Se me envolve a noite escura / Nada temoM. Luís

Final

Anunciaremos Teu Reino SenhorChristobal Halffter
Cantai comigoH. Faria
Confiarei no meu DeusA. Espinosa
É preciso renascerJ. P. Martins
És Senhor minha forçaA. Espinosa
Peregrino aonde vaisC. Gabarain

Leituras

LEITURA I Job 38,1.8-11

Leitura do Livro de Job
O Senhor respondeu a Job do meio da tempestade, dizendo:
«Quem encerrou o mar entre dois batentes,
quando ele irrompeu do seio do abismo,
quando Eu o revesti de neblina
e o envolvi com uma nuvem sombria,
quando lhe fixei limites e lhe tranquei portas e ferrolhos?
E disse-lhe:
‘Chegarás até aqui e não irás mais além,
aqui se quebrará a altivez das tuas vagas’».

SALMO RESPONSORIAL Salmo 106 (107)

Refrão 1: Dai graças ao Senhor,
porque é eterna a sua misericórdia.

Refrão 2: Cantai ao Senhor, porque é eterno o seu amor.

Os que se fizeram ao mar em seus navios,
a fim de labutar na imensidão das águas,
esses viram os prodígios do Senhor
e as suas maravilhas no alto mar.

À sua palavra, soprou um vento de tempestade,
que fez encapelar as ondas:
subiam até aos céus, desciam até ao abismo,
lutavam entre a vida e a morte.

Na sua angústia invocaram o Senhor
e Ele salvou-os da aflição.
Transformou o temporal em brisa suave
e as ondas do mar amainaram.

Alegraram-se ao vê-las acalmadas,
e Ele conduziu-os ao porto desejado.
Graças ao Senhor pela sua misericórdia,
pelos seus prodígios em favor dos homens.

LEITURA II 2 Cor 5,14-17

Leitura da Segunda Epístola do apóstolo São Paulo aos Coríntios
Irmãos:
O amor de Cristo nos impele,
ao pensarmos que um só morreu por todos
e que todos, portanto, morreram.
Cristo morreu por todos,
para que os vivos deixem de viver para si próprios,
mas vivam para Aquele que morreu e ressuscitou por eles.
Assim, daqui em diante,
já não conhecemos ninguém segundo a carne.
Ainda que tenhamos conhecido a Cristo segundo a carne,
agora já não O conhecemos assim.
Se alguém está em Cristo, é uma nova criatura.
As coisas antigas passaram: tudo foi renovado.

ALELUIA Lc 7,16

Aleluia. Aleluia.

Apareceu entre nós um grande profeta:
Deus visitou o seu povo.

EVANGELHO Mc 4,35-41

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos
Naquele dia, ao cair da tarde,
Jesus disse aos seus discípulos:
«Passemos à outra margem do lago».
Eles deixaram a multidão
e levaram Jesus consigo na barca em que estava sentado.
Iam com Ele outras embarcações.
Levantou-se então uma grande tormenta
e as ondas eram tão altas que enchiam a barca de água.
Jesus, à popa, dormia com a cabeça numa almofada.
Eles acordaram-n’O e disseram:
«Mestre, não Te importas que pereçamos?»
Jesus levantou-Se,
falou ao vento imperiosamente e disse ao mar:
«Cala-te e está quieto».
O vento cessou e fez-se grande bonança.
Depois disse aos discípulos:
«Porque estais tão assustados? Ainda não tendes fé?»
Eles ficaram cheios de temor e diziam uns para os outros:
«Quem é este homem,
que até o vento e o mar Lhe obedecem?»