Entrada

Alegre-se o coraçãoM. Simões
Anunciaremos Teu Reino SenhorChristobal Halffter
Cristo dará a liberdadeC. Erdozain
Eu sou o caminho a verdade e a vidaM. Luís
Louvai louvai o SenhorF. Silva
Louvai o Senhor povos de toda a terraA. Cartageno
Povos batei palmasCarlos Silva
Senhor Tu nos chamasteR. Fau

Salmo Responsorial

O Senhor é a minha herançaM. Luís
Vós sois Senhor a minha herançaA. Cartageno

Apresentação dos Dons

A Ti meu DeusPadre Zezinho
Cristo dará a liberdadeC. Erdozain
Deus precisa de tuas mãosDesconhecido
Glória a ti Jesus Cristo e ao PaiCarlos Silva
Se alguém quiser seguir-meCarlos Silva
Se vos amardesF. Silva
Senhor eu creio que sois CristoF. Silva
Senhor fazei de mimF. Silva
Tu que nas margens do lagoC. Gabarain
Tudo possoCarlos Silva

Comunhão

A minha Carne é verdadeira comidaF. Silva
Beberam o cálice do SenhorCarlos Silva
Cantarei ao Senhor enquanto viverCarlos Silva
Dou-vos um mandamento novoJ. P. Martins
Eu sou o caminho a verdade e a vidaM. Luís
Eu sou o pão da vidaB. Sousa
Glória a ti Jesus Cristo e ao PaiCarlos Silva
Se alguém quiser seguir-meCarlos Silva
Se vos amardesF. Silva
Senhor eu creio que sois CristoF. Silva
Tudo possoCarlos Silva

Pós-Comunhão

A minha alma glorifica o Senhor (I)Carlos Silva
Cantarei ao Senhor enquanto viverCarlos Silva
Glória a ti Jesus Cristo e ao PaiCarlos Silva
Louvai louvai o SenhorF. Silva
Louvai o Senhor povos de toda a terraA. Cartageno
Louvarei o SenhorM. Luís
Povo teu somosLoys Bourgeois
Povos batei palmasCarlos Silva
Se alguém quiser seguir-meCarlos Silva
Se vos amardesF. Silva
Senhor cantarei eternamenteM. Luís
Senhor eu creio que sois CristoF. Silva
Senhor fazei de mimF. Silva
Tudo possoCarlos Silva

Final

Anunciaremos Teu Reino SenhorChristobal Halffter
Cristo dará a liberdadeC. Erdozain
Deus precisa de tuas mãosDesconhecido
Louvai louvai o SenhorF. Silva
Louvai o Senhor povos de toda a terraA. Cartageno
Povo teu somosLoys Bourgeois
Povos batei palmasCarlos Silva
Quero sempre viverJ. Cordeiro

Leituras

ANTÍFONA DE ENTRADA cf. Salmo 46, 2
Louvai o Senhor, povos de toda a terra,
aclamai a Deus com brados de alegria.

ORAÇÃO COLECTA
Senhor, que pela vossa graça nos tornastes filhos da luz,
não permitais que sejamos envolvidos pelas trevas do erro,
mas permaneçamos sempre no esplendor da verdade.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS
Senhor nosso Deus,
que assegurais a eficácia dos vossos sacramentos,
fazei que este serviço divino
seja digno dos mistérios que celebramos.
Por Nosso Senhor.

LEITURA I 1 Reis 19, 16b.19-21
«Eliseu levantou-se e seguiu Elias»

A partir deste Domingo, o Evangelho apresenta Jesus caminhando para a Paixão. E hoje Ele insiste já na necessidade de O seguir, sem hesitações, quando Ele chamar. Modelo desta disponibilidade é a atitude de Eliseu, que, uma vez chamado, deixa a sua ocupação anterior e, como sinal dessa renúncia, até queima o arado com que trabalhava e oferece aos seus antigos companheiros, em ambiente de festa, um banquete de confraternização e de despedida.

Leitura do Primeiro Livro dos Reis
Naqueles dias, disse o Senhor a Elias: «Ungirás Eliseu, filho de Safat, de Abel-Meola, como profeta em teu lugar». Elias pôs-se a caminho e encontrou Eliseu, filho de Safat, que andava a lavrar com doze juntas de bois e guiava a décima segunda. Elias passou junto dele e lançou sobre ele a sua capa. Então Eliseu abandonou os bois, correu atrás de Elias e disse-lhe: «Deixa-me ir abraçar meu pai e minha mãe; depois irei contigo». Elias respondeu: «Vai e volta, porque eu já fiz o que devia». Eliseu afastou-se, tomou uma junta de bois e matou-a; com a madeira do arado assou a carne, que deu a comer à sua gente. Depois levantou-se e seguiu Elias, ficando ao seu serviço.
Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL Salmo 15 (16), 1-2a.5.7-8.9-10.11 (R. cf. 5a)
Refrão: O Senhor é a minha herança. Repete-se

Defendei-me, Senhor: Vós sois o meu refúgio.
Digo ao Senhor: «Vós sois o meu Deus».
Senhor, porção da minha herança e do meu cálice,
está nas vossas mãos o meu destino. Refrão

Bendigo o Senhor por me ter aconselhado,
até de noite me inspira interiormente.
O Senhor está sempre na minha presença,
com Ele a meu lado não vacilarei. Refrão

Por isso o meu coração se alegra
e a minha alma exulta
e até o meu corpo descansa tranquilo.
Vós não abandonareis a minha alma
na mansão dos mortos,
nem deixareis o vosso fiel sofrer a corrupção. Refrão

Dar-me-eis a conhecer os caminhos da vida,
alegria plena na vossa presença,
delícias eternas à vossa direita. Refrão

LEITURA II Gal 5, 1.13-18
«Fostes chamados à liberdade»

Continuando a falar da relação entre a Lei do Antigo Testamento e o Novo, o Apóstolo chama à situação cristã uma situação de liberdade em Cristo, mas previne os cristãos para que essa liberdade não seja usada para cair noutra escravidão, a do pecado. A verdadeira liberdade é a do amor em Cristo, que se há-de manifestar na caridade para com o próximo.

Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Gálatas
Irmãos: Foi para a verdadeira liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permanecei firmes e não torneis a sujeitar-vos ao jugo da escravidão. Vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Contudo, não abuseis da liberdade como pretexto para viverdes segundo a carne; mas, pela caridade, colocai-vos ao serviço uns dos outros, porque toda a Lei se resume nesta palavra: «Amarás o teu próximo como a ti mesmo». Se vós, porém, vos mordeis e devorais mutuamente, tende cuidado, que acabareis por destruir-vos uns aos outros. Por isso vos digo: Deixai-vos conduzir pelo Espírito e não satisfareis os desejos da carne. Na verdade, a carne tem desejos contrários aos do Espírito e o Espírito desejos contrários aos da carne. São dois princípios antagónicos e por isso não fazeis o que quereis. Mas se vos deixais guiar pelo Espírito, não estais sujeitos à Lei de Moisés.
Palavra do Senhor.

ALELUIA 1 Sam 3, 9; Jo 6, 68c
Refrão: Aleluia. Repete-se
Falai, Senhor, que o vosso servo escuta.
Vós tendes palavras de vida eterna. Refrão

EVANGELHO Lc 9, 51-62
«Tomou a decisão de Se dirigir a Jerusalém.
Seguir-Te-ei para onde quer que fores»

Desde agora, o Evangelho apresenta Jesus a caminho da Paixão. Esta caminhada de Jesus é entendida, de maneira diversa, pelas várias pessoas que dela têm consciência ou que Jesus até convida a segui-l’O. Seja qual for a situação de cada um, só há uma atitude certa: seguir o Senhor, como fez Eliseu quando Elias o chamou, como fez S. Paulo e os outros Apóstolos, e todos aqueles, que, um dia chamados, souberam escutar a sua voz.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
Aproximando-se os dias de Jesus ser levado deste mundo, Ele tomou a decisão de Se dirigir a Jerusalém e mandou mensageiros à sua frente. Estes puseram-se a caminho e entraram numa povoação de samaritanos, a fim de Lhe prepararem hospedagem. Mas aquela gente não O quis receber, porque ia a caminho de Jerusalém. Vendo isto, os discípulos Tiago e João disseram a Jesus: «Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu que os destrua?». Mas Jesus voltou-Se e repreendeu-os. E seguiram para outra povoação. Pelo caminho, alguém disse a Jesus: «Seguir-Te-ei para onde quer que fores». Jesus respondeu-lhe: «As raposas têm as suas tocas e as aves do céu os seus ninhos; mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça». Depois disse a outro: «Segue-Me». Ele respondeu: «Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai». Disse-lhe Jesus: «Deixa que os mortos sepultem os seus mortos; tu, vai anunciar o reino de Deus». Disse-Lhe ainda outro: «Seguir-Te-ei, Senhor; mas deixa-me ir primeiro despedir-me da minha família». Jesus respondeu-lhe: «Quem tiver lançado as mãos ao arado e olhar para trás não serve para o reino de Deus».
Palavra da salvação.

ORAÇÃO DOS FIÉIS

Oremos, irmãs e irmãos,
ao Senhor, nosso Deus e nosso Pai,
que nos chama à verdadeira liberdade,
e supliquemos confiadamente,
dizendo (ou: cantando):

R. Concedei-nos, Senhor, a vossa graça.
Ou: Pela vossa misericórdia, ouvi-nos, Senhor.
Ou: Ouvi, Senhor, as nossas súplicas.

1. Para que o Papa N. e os bispos a ele unidos
exerçam com alegria o seu ministério de profetas,
em favor do povo santo de Deus,
oremos.

2. Para que Deus guie os governantes na sua missão,
lhes dê um espírito de tolerância e de concórdia,
no respeito pela natureza e pela vida,
oremos.

3. Para que os homens empenhados em causas nobres
permaneçam fortes e humanos,
ao serviço da libertação dos outros homens,
oremos.

4. Para que os cidadãos que abandonam os seus países
encontrem comunidades que os acolham
e os ajudem a refazer as suas vidas,
oremos.

5. Para que Deus nos faça entender o sentido da liberdade,
nos dê a todos o gosto de servir
e aos defuntos a vida feliz no Paraíso,
oremos.

Concedei, Senhor, a todos os fiéis
a graça de se deixarem conduzir
pela luz do vosso Espírito,
para que se mantenham tolerantes e pacíficos
e sigam a Cristo com alegria, desprendimento e confiança.
Ele que vive e reina por todos os séculos dos séculos.

ANTÍFONA DA COMUNHÃO Salmo 102, 1
A minha alma louva o Senhor,
todo o meu ser bendiz o seu nome santo.

Ou cf. Jo 17, 20-21
Pai santo, Eu rogo por aqueles
que hão-de acreditar em Mim,
para que sejam em Nós confirmados na unidade
e o mundo acredite que Tu Me enviaste.

ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
Concedei-nos, Senhor,
que o Corpo e o Sangue do vosso Filho,
oferecidos em sacrifício e recebidos em comunhão,
nos dêem a verdadeira vida,
para que, unidos convosco em amor eterno,
dêmos frutos que permaneçam para sempre.
Por Nosso Senhor.