Entrada

A Deus dêem graças os povosA. Espinosa
Alegre-se o coraçãoM. Simões
Avé Maria Mãe da IgrejaJerónimo Rocha Monteiro
Dai a paz SenhorM. Faria
Deus está aquiDesconhecido
É preciso renascerJ. P. Martins
Escuta IsraelCarlos Silva
Eu estou à portaF. Silva
Eu venho Senhor à Vossa presençaA. Cartageno
Jesus Cristo amou-nosM. Luís
Louvado sejais SenhorCarlos Silva
Louvado sejais SenhorM. Luís
Meu Senhor eu Vos amoJoaquim dos Santos
Meu Senhor eu Vos amoA. Cartageno
Onde se reúnemAzevedo de Oliveira
Toda a terra Vos adoreCarlos Silva

Salmo Responsorial

O pobre clamouM. Luís

Apresentação dos Dons

Avé Maria Mãe da IgrejaJerónimo Rocha Monteiro
Deixo-vos a pazJ. P. Martins
Escuta IsraelCarlos Silva
Eu estou à portaF. Silva
Jesus Cristo amou-nosM. Luís
Nós te apresentamosA. Espinosa
Onde se reúnemAzevedo de Oliveira
Quem quiser ser o primeiroAzevedo de Oliveira
Senhor nós Vos oferecemos / Para Vossa glóriaB. Salgado
Tudo possoCarlos Silva
Vós me seduzistes SenhorCarlos Silva
Vós sois o sal da terraCarlos Silva

Comunhão

Como o veado anseiaM. Luís
Como suspira o veadoF. Lapa
Cristo amou a IgrejaCarlos Silva
Dou-vos um mandamento novoJ. P. Martins
Escuta IsraelCarlos Silva
Eu estou à portaF. Silva
Felizes os convidados (I) / O eterno Pai nos deu a glóriaA. Cartageno
Felizes os puros de coraçãoA. Cartageno
Ide por todo o mundo e proclamaiJoaquim dos Santos
Jesus Cristo amou-nosM. Luís
Ó sagrado banqueteCarlos Silva
O Senhor alimentaF. Silva
O Senhor deu-lhes o pão do CéuAzevedo de Oliveira
O Senhor deu-lhes o pão do CéuA. Leitão
O Senhor deu-lhes o pão do CéuP. Cruz
O Senhor deu-lhes o pão do CéuM. Luís
Onde se reúnemAzevedo de Oliveira
Quem quiser ser o primeiroAzevedo de Oliveira
Todas as vezes que comerdesCarlos Silva
Tudo possoCarlos Silva
Vinde comer do meu pãoCarlos Silva
Vós me seduzistes SenhorCarlos Silva
Vós sois o sal da terraCarlos Silva

Pós-Comunhão

A Deus dêem graças os povosA. Espinosa
Deixo-vos a pazJ. P. Martins
Escuta IsraelCarlos Silva
Felizes os puros de coraçãoA. Cartageno
Ide por todo o mundo e proclamaiJoaquim dos Santos
Jesus Cristo amou-nosM. Luís
Louvado sejais SenhorCarlos Silva
Louvado sejais SenhorM. Luís
Meu Senhor eu Vos amoJoaquim dos Santos
Meu Senhor eu Vos amoA. Cartageno
Ó sagrado banqueteCarlos Silva
O Senhor alimentaF. Silva
Onde se reúnemAzevedo de Oliveira
Quem quiser ser o primeiroAzevedo de Oliveira
Senhor cantarei eternamenteM. Luís
Tudo possoCarlos Silva
Vós me seduzistes SenhorCarlos Silva

Final

A Deus dêem graças os povosA. Espinosa
Avé Maria Mãe da IgrejaJerónimo Rocha Monteiro
Deixo-vos a pazJ. P. Martins
É preciso renascerJ. P. Martins
Ide por todo o mundo e proclamaiJoaquim dos Santos
Quero ouvir teu apeloM. T. Kolling
Sois a sementeC. Gabarain

Leituras

ANTÍFONA DE ENTRADA Salmo 104, 3-4
Alegre-se o coração dos que procuram o Senhor.
Buscai o Senhor e o seu poder,
procurai sempre a sua face.

ORAÇÃO COLECTA
Deus eterno e omnipotente,
aumentai em nós a fé, a esperança e a caridade;
e para merecermos alcançar o que prometeis,
fazei-nos amar o que mandais.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

LEITURA I Sir 35, 15b-17.20-22a (gr. 12-14.16-18)
«A oração do humilde atravessa as nuvens»

Deus é a própria Verdade; diante d’Ele o homem deve agir com toda a verdade, sob pena de não ser acolhido por Ele. A oração deve ser o momento mais verdadeiro diante de Deus. E a oração humilde será sempre escutada por Deus.

Leitura do Livro de Ben-Sirá
O Senhor é um juiz que não faz acepção de pessoas. Não favorece ninguém em prejuízo do pobre e atende a prece do oprimido. Não despreza a súplica do órfão, nem os gemidos da viúva. Quem adora a Deus será bem acolhido e a sua prece sobe até às nuvens. A oração do humilde atravessa as nuvens e não descansa enquanto não chega ao seu destino. Não desiste, até que o Altíssimo o atenda, para estabelecer o direito dos justos e fazer justiça.
Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL Salmo 33 (34), 2-3.17-18.19.23 (R. 7a)
Refrão: O pobre clamou e o Senhor ouviu a sua voz. Repete-se
Ou: O Senhor ouviu o clamor do pobre. Repete-se

A toda a hora bendirei o Senhor,
o seu louvor estará sempre na minha boca.
A minha alma gloria-se no Senhor:
escutem e alegrem-se os humildes. Refrão

A face do Senhor volta-se contra os que fazem o mal,
para apagar da terra a sua memória.
Os justos clamaram e o Senhor os ouviu,
livrou-os de todas as angústias. Refrão

O Senhor está perto dos que têm o coração atribulado
e salva os de ânimo abatido.
O Senhor defende a vida dos seus servos,
não serão castigados os que n’Ele confiam. Refrão

LEITURA II 2 Tim 4, 6-8.16-18
«Já me está preparada a coroa da justiça»

A leitura faz-nos escutar a última mensagem de S. Paulo antes de sofrer o martírio: abandonado dos homens, ele sente-se plenamente confiante na justiça de Deus que nunca o abandonou nem abandonará.

Leitura da Segunda Epístola do apóstolo S. Paulo a Timóteo
Caríssimo: Eu já estou oferecido em libação e o tempo da minha partida está iminente. Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé. E agora já me está preparada a coroa da justiça, que o Senhor, justo juiz, me há-de dar naquele dia; e não só a mim, mas a todos aqueles que tiverem esperado com amor a sua vinda. Na minha primeira defesa, ninguém esteve a meu lado: todos me abandonaram. Queira Deus que esta falta não lhes seja imputada. O Senhor esteve a meu lado e deu-me força, para que, por meu intermédio, a mensagem do Evangelho fosse plenamente proclamada e todas as nações a ouvissem; e eu fui libertado da boca do leão. O Senhor me livrará de todo o mal e me dará a salvação no seu reino celeste. Glória a Ele pelos séculos dos séculos. Amen.
Palavra do Senhor.

ALELUIA 2 Cor 5, 19
Refrão: Aleluia. Repete-se
Deus estava em Cristo
reconciliando o mundo consigo
e confiou-nos a palavra da reconciliação. Refrão

EVANGELHO Lc 18, 9-14
«O publicano desceu justificado para sua casa
e o fariseu não»

Jesus ensina, por meio de uma parábola, como devemos orar. Este ensinamento não se aplica somente à oração individual, mas também à oração da assembleia litúrgica, onde os sinais de festa hão-de proceder sempre de um coração humilde e consciente do dom de Deus, que comunitariamente celebramos.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
Naquele tempo, Jesus disse a seguinte parábola para alguns que se consideravam justos e desprezavam os outros: «Dois homens subiram ao templo para orar; um era fariseu e o outro publicano. O fariseu, de pé, orava assim: ‘Meu Deus, dou-Vos graças por não ser como os outros homens, que são ladrões, injustos e adúlteros, nem como este publicano. Jejuo duas vezes por semana e pago o dízimo de todos os meus rendimentos’. O publicano ficou a distância e nem sequer se atrevia a erguer os olhos ao Céu; mas batia no peito e dizia: ‘Meu Deus, tende compaixão de mim, que sou pecador’. Eu vos digo que este desceu justificado para sua casa e o outro não. Porque todo aquele que se exalta será humilhado e quem se humilha será exaltado».
Palavra da salvação.

ORAÇÃO DOS FIÉIS

Caríssimos cristãos:
Peçamos ao Senhor que nos dê um coração
capaz de fazer subir até Ele
súplicas e orações por todos os homens,
dizendo (ou: cantando), com humildade:

R. Lembrai-Vos, Senhor, do vosso povo.
Ou: Ouvi-nos, Senhor.
Ou: Tende compaixão de nós, Senhor.

1. Pelo nosso Bispo N. e por todos os presbíteros,
para que saibam acolher os pecadores
com bondade e sem discriminação,
oremos.

2. Pelos povos que sofrem fome e estão em guerra
e pelos que vivem na anarquia e na violência,
para que Deus lhes conceda, sem demora, pão e paz,
oremos.

3. Pelos que anunciam o Evangelho de Jesus
e pelos que, pela idade, já estão esgotados,
para que o amor de Deus os reanime,
oremos.

4. Pelos doentes do corpo ou do espírito
e pelos idosos, os marginais e os rejeitados,
para que encontrem amigos que os escutem,
oremos.

5. Pelos membros desta nossa assembleia,
para que, orando a Deus com humildade,
possam voltar justificados a suas casas,
oremos.

Senhor, que inspirais as nossas súplicas,
atendei às orações dos vossos fiéis,
que Vos pedem, com sincera humildade,
por todos os homens a quem quereis salvar,
e tende compaixão de todos eles.
Por Cristo Senhor nosso.

ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS
Olhai, Senhor, para os dons que Vos apresentamos
e fazei que a celebração destes mistérios
dê glória ao vosso nome.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

ANTÍFONA DA COMUNHÃO cf. Salmo 19, 6
Celebramos, Senhor, a vossa salvação
e glorificamos o vosso santo nome.

Ou Ef 5, 2
Cristo amou-nos e deu a vida por nós,
oferecendo-Se em sacrifício agradável a Deus.

ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
Fazei, Senhor, que os vossos sacramentos
realizem em nós o que significam,
para alcançarmos um dia em plenitude
o que celebramos nestes santos mistérios.
Por Nosso Senhor.