O Senhor encheu de bens

O Senhor encheu de bens

O Senhor encheu de bens os famintos.
O Senhor encheu-os de bens.

1. Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom,
porque é eterna a sua misericórdia.
Digam-no aqueles que O Senhor resgatou,
os que Ele libertou do poder do inimigo.

2. Erravam na solidão do deserto,
sem caminho para cidade onde habitar.
Devorados pela fome e pela sede,
sentiam desfalecer-lhes a vida.

3. Na sua angústia invocaram o Senhor
e Ele salvou-os da aflição.
Conduziu-os por caminho direito,
até uma cidade onde habitassem.

4. Graças ao Senhor pela sua misericórdia,
pelos seus prodígios em favor dos homens.
Porque Ele deu de beber aos que tinham sede
e saciou os que tinham fome.

5. Na sua angústia invocaram o Senhor
e Ele salvou-os da aflição.
Tirou-os das trevas e da sombra da morte,
despedaçou as suas cadeias.

6. Graças ao Senhor pela sua misericórdia,
pelos seus prodígios em favor dos homens.
Ofereçam-Lhe sacrifícios de acção de graças
e proclamem as suas obras com alegria.

Música: F. Silva
Letra: Sl 106 (107)

Artigo ainda sem áudio. Para colaborar, use o formulário do rodapé.
Artigo ainda sem vídeo. Para colaborar, use o formulário do rodapé.

Sugerido para: