Tu que nas margens do lago

Música: C. Gabarain
Letra:

1. Tu que nas margens do lago / não buscaste nem sábios nem ricos,
mas só quiseste que eu Te seguisse:

Senhor, Tu fixaste meus olhos,
ternamente meu nome disseste.
Nesse lago eu deixei minha barca,
pois em Ti encontrei outro mar.

2. Tu sabes bem o que eu tenho / em meu barco: nem ouro, nem armas,
somente as redes e meu trabalho.

3. Tu, necessitas de mim; / meu trabalho, que a outros descanse;
do meu amor, sinal d’ esp’rança.

4. Tu, pescador de outros lagos, / ânsia eterna daqueles que esperam
um bom amigo que assim nos chamas.

Áudio

Artigo ainda sem áudio. Para colaborar, carregue aqui.

Pauta

Vídeo

Tags

Menu Rápido

Pautas por email

Agora, este serviço é gratuito. Todas as semanas, na sua caixa de email, as sugestões para as Eucaristias dominicais. Saiba mais pormenores, aqui!

Categorias

Categorias

Colaborar

COLABORAR
O Laudate está permanentemente a aumentar o seu acervo e a completar os títulos de que dispõe. Este trabalho também é resultado da colaboração dos seus utilizadores.