Já não vos chamo servos

Já não vos chamo servos

Já não vos chamo servos mas amigos,
porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai.

1. Bendito seja Deus,
Pai de nosso Senhor Jesus Cristo,
que do alto do Céu nos abençoou
com todas as bênçãos espirituais em Cristo.

2. Ele nos escolheu, antes da criação do mundo,
para sermos santos e irrepreensíveis, /
em caridade, na sua presença.
Ele nos predestinou, de sua livre vontade,
para sermos seus filhos adoptivos, por Jesus Cristo,

3. Para que fosse enaltecida a glória da sua graça,
com a qual nos favoreceu em seu amado Filho;
n’Ele temos a redenção, pelo seu sangue,
a remissão dos nossos pecados;

4. Segundo a riqueza da sua graça,
que Ele nos concedeu em abundância,
com plena sabedoria e inteligência,
deu-nos a conhecer o mistério da sua vontade:

5. Segundo o beneplácito que n’Ele de antemão estabelecera,
para se realizar na plenitude dos tempos:
instaurar todas as coisas em Cristo,
tudo o que há nos céus e na terra.

Música: M. Luís
Letra: Ef 1

Artigo ainda sem áudio. Para colaborar, use o formulário do rodapé.
Artigo ainda sem vídeo. Para colaborar, use o formulário do rodapé.

Sugerido para: